Apple Store da Quinta Avenida, Nova York. Fonte: Bohlin Cywinski Jackson.

Apple é famosa pelos objetos mais admirados da história da tecnologia. Steve Jobs é responsável pela invenção destes objetos que revolucionaram a indústria da tecnologia. A influência de Steve Jobs também esteve presente na arquitetura das Apple Retail Store, pontos de vendas da marca. O empresário esteve presente nas decisões primordiais dos espaços que ocupariam a venda de seus produtos. O arquiteto responsável por 16 projetos da marca, Peter Bohlin, da Bohlin Cywinski Jackson, afirma que Jobs esteve envolvido no processo de concepção arquitetônica das Apple Stores espalhadas pelo mundo.

O trabalho do escritório Bohlin Cywinski Jackson tem como característica enfatizar a relação entre os edifícios e seu ambiente físico, tal característica está presente na maioria das Apple Stores desenvolvidos pela equipe, tal como a Apple Store da Quinta Avenida, Nova York. 

Apple Store da Quinta Avenida, Nova York. Fonte: Bohlin Cywinski Jackson.

A Apple Store da Quinta Avenida (2004-2006) é um cubo de vidro, sem estrutura metálica, ou seja, auto sustentável, de quase 10 metros de altura, que está no centro de uma ampla praça pública. O Bohlin diz que o projeto, localizado entre arranha-céus, transforma paisagem urbana através da restauração de um local de encontro. Esta Apple Store substituiu a antiga General Motors Plaza, construída em 1968. O espaço subutilizado agora é um espaço icônico e acolhedor, com acentos públicos e vegetação no entorno.

Escada espiral e elevador  cilíndrico de vidro. Fonte: Bohlin Cywinski Jackson.


A caixa de vidro dá acesso, através da primeira escada espiral e elevador cilíndrico de vidro do mundo, à loja que está no subsolo da praça. O arquiteto descreve o acesso como uma “decida mágica que revela gradualmente a organização clean e os detalhes rigorosos”. A penetração da luz através do cubo de vidro permite aos usuários a sensação de não estarem debaixo da terra.


Essa preocupação em organizar as lojas considerando não só a arquitetura, mas também características urbanas, e preservar elementos históricos estão presentes em outros projetos das Apple Stores do arquiteto Peter Bohlin, como:

Apple Store SoHo.

Apple Store Upper West. 

Apple 14th Street. 

Apple Store Boylston Street

Apple Store Regent Street, Londres.

Apple Store Carrousel du Louvre, Paris.

Apple Store Sydney, Austrália

Apple Store Shinsaibashi, Japão.

Apple Store Chestnut Street.

Apple Scottsdale, Arizona.

Apple Store North Michigan Avenue.

Referências Bibliográficas

AMORIN, Kelly. Foster and Partners conclui primeira loja da Apple em Istambul, na Turquia. Portal PINweb. Disponível em: <au.pini.com.br/arquitetura-urbanismo/edificios/foster-and-partners-conclui-primeira-loja-da-apple-em-istambul-312676-1.aspx>. Acessado em: 23 Fev 2015.

Bohlin Cywinski Jackson. Disponível em <bcj.com>. Acessado em: 23 Fev 2015.

BORGES, Thiago. Apple Store Xangai: fachada com o maior vidro curvo do mundo. Abravidro. Disponível em: <www.abravidro.org.br/blog/index.php/2011/06/30/apple-store-xangai-fachada-com-o-maior-vidro-curvo-do-mundo>. Acessado em: 23 Fev 2015.

FEKETE, Istvan. Samsung Lures Away Apple Retail Store Designer in Retail Push. Iphone in Canada. Disponível em: <www.iphoneincanada.ca/news/samsung-lures-away-apple-retail-store-designer-in-retail-push>. Acessado em: 23 Fev 2015.

HILL, David. Steve Jobs: “A Great Client”. Archrecord. Disponível em: <archrecord.construction.com/news/2011/10/Apple-Store.asp>. Acessado em: 23 Fev 2015.

PEREIRA, Halex. A influência de Steve Jobs na arquitetura das Apple Retail Stores. Mac Magazine. Disponível em: <macmagazine.com.br/2011/10/16/a-influencia-de-steve-jobs-na-arquitetura-das-apple-retail-stores>. Acessado em: 23 Fev 2015.

STEWART, James. A Genius of the Storefront, Too. The New York Times. Disponível em: <www.nytimes.com/2011/10/16/business/steve-jobs-a-genius-of-store-design-too.html?_r=0>. Acessado em: 23 Fev 2015.