Fonte: Studio Fuksas.

A dualidade entre o espaço interior e exterior aqui já foi explorada pelas transparências e opacidades na arquitetura de Norman Foster, Cláudio Bernardes, Paulo Jacobsen e Kerry Hill. Ainda sobre o tema, a loja Armani da Fifth Ave, dos arquitetos Massimiliano e Doriana Fuksas exploram a forma como dualidade entre o espaço interno e externo.

Fonte: Studio Fuksas.

O dinamismo no interior, provocado pela escada sinuosa que liga três pavimentos da loja, e regularidade da fachada de metal e vidro, característica marcante da paisagem urbana de Manhattan, se contrapõem pela forma que se constituem.

Fonte: Studio Fuksas.

A Armani da Fifth Avenue, uma das avenidas mais conhecidas do mundo, construída entre 2007 e 2008, tem como ponto central a escada radial em aço revestida com material plástico branco. Os três pavimentos da loja torna-se um só, sem distinção, com a presença do elemento curvilineio. A estrutura é independente estruturalmente, estabilizada pela sua forma geométrica. O movimento da forma se dá pelas fitas curvas que se desenvolve em cada andar de forma diferente.

Fonte: Studio Fuksas.

O interior linear abraça o dinamismo da escada high tech do Studio Fuksas. Este dinamismo também está presente no mobiliário e nos elementos expositivos, destacados pela iluminação. A dualidade aqui não se estabelece pelo conflito, a ortogonalidade e a curva se comunicam harmoniosamente entre o interior e exterior.

Fonte: Studio Fuksas.

Referências Bibliográficas

Armani Fifth Ave. / Massimiliano & Doriana Fuksas” 08 Mar 2009. ArchDaily. Accessed 20 Apr 2015. <http://www.archdaily.com/?p=16094

Studio Fuksas. Disponível em: <www.fuksas.com/en>. Acesso em 17 de abril de 2015.