O projeto desta residência tem características marcantes no meu trabalho.

Todo o projeto foi desenvolvido apenas com uma foto tirada de uma fachada no celular do proprietário! Foi um grande exercício de criatividade e liberdade para criar, em sintonia total com os clientes e com empreiteiros e fornecedores.

Criar uma residência de traços modernos e materiais rústicos no ano de 2012, que fugisse do modernismo branco da escola Bauhaus mas não usasse cores vibrantes como os anos 60. 

Acabei humildemente chegando ao resultado que remete a  um dos projetos que mais me inspira; a Casa da Cascata de Frank Loyd Wright.

Longe de mim tal ambição, na verdade a observação dos outros que me levou à essa constatação.

Em sua implantação porém, ela é bem diferente. Plana e linear nos pavimentos, para que a integração entre os espaços fosse completa, nesta casa, com um simples abrir de portas integramos living, jantar, varanda, espaço gourmet, cozinha, home Theater, piscina e sauna.

Uma área social que pode ter a versatilidade de ampla ou reservada ao mesmo tempo.

Já a área íntima é totalmente preservada, não interferindo em nada no cotidiano da família de idades e rotinas diferentes!

Com muito prazer apresento um de meus projetos mais queridos, chamado carinhosamente de  ” A casa do alto” por ficar num ponto alto do lago sul, com vista para a ponte JK.