Louis Vuitton Singapore Marina Bay. Foto: Latin For Glory.

A Louis Vuitton de Singapura, sudoeste asiático, fica as margens do Marina Bay no qual flui o River Singapore. No entorno do Marina Bay se desenvolveu a área central no qual recebe o centro financeiro do páis, repleto de arranha-céus.

Vista noturna da Fachada. Foto: FTL Design Studio Engenharia , William Cho, Louis Vuitton. 

O edifício é conhecido como “Crystal Pavilion” pela suas transparências provocada pelo vidro e pelo volume que faz alusão a uma pedra preciosa trabalhada. O volume excêntrico se dispõem por fachadas assimétricas estruturadas pelo aço.

Vista à luz do dia da Fachada. Foto: FTL Design Studio Engenharia , William Cho, Louis Vuitton. 

A arquitetura da marca de renome mundial do ramo da moda recebeu em Singapura, as mãos da arquiteto Moshe Safdie, arquiteto e urbanista israelense. Moshe Safdie estudou no Canadá, na McGill University, e foi aprendiz de um dos grandes nomes da arquitetura moderna, Louis Isadore Kahn. O primeiro grande projeto de Moshe Safied foi a Habitat 67, complexo residencial situado em Montreal, Canadá, para a Expo 67.

Peter Marino, Uli Wagner, Enrique Pincay e Yuuki Kitada foram os responsáveis pelo design de interiores da marca de luxo. “A loja conceito era para atuar como uma galeria de produtos LV e encarnar a sensação de alta elegância moda e da estética náutico como LVMH se tornou conhecida.”

  Vista interna da loja. Foto: FTL Design Studio Engenharia , William Cho, Louis Vuitton.

 Vista interna da loja. Foto: FTL Design Studio Engenharia , William Cho, Louis Vuitton.

Um dos desafios do projeto foi controlar a incidência de luz que penetrava dentro da loja, a região é abundante em luz natural devido a sua localização tropical. A solução para este problema foi dispor nas faces verticais e na cobertura placas brancas e lineares automatizadas que fornecem sombreamento.

 Vista interna da loja. Foto: FTL Design Studio Engenharia , William Cho, Louis Vuitton.

 Vista interna da loja. Foto: FTL Design Studio Engenharia , William Cho, Louis Vuitton.

Os 14 mil metros quadrados da Luis Vuitton da Marina Bay Sands transmite uma atmosfera náutica inspirada na região. Os materiais do interior seguem o mesmo conceito, a madeira lembra o acabamento de navios e a estrutura metálica junto as placas se assemelham as velas náuticas. 

  Vista interna da loja. Foto: FTL Design Studio Engenharia , William Cho, Louis Vuitton.

  Vista interna da loja. Foto: FTL Design Studio Engenharia , William Cho, Louis Vuitton.

 Vista interna da loja. Foto: FTL Design Studio Engenharia , William Cho, Louis Vuitton.

Referências Bibliográficas

“Louis Vuitton em Cingapura / Safdie Architects” 02 de outubro de 2012. ArchDaily . Acessado em 25 de fevereiro de 2015. <www.archdaily.com/?p=277610>

HERNANDO,  Gloria. Design: Louis Vuitton Singapore. Disponível em: <latinforglory.blogspot.com.br/2013/06/d-e-s-i-g-n-louis-vuitton-singapore.html>. Acessado em: 25 Fev 2015.

Robert Stephen Lefebre. The architecture of Moshe Safdie: A man of the world. Disponível em: <www.rslefebvre.com/Properties-for-sale-habitat-67.html>. Acessado em 25 Fev 2015.

Safied Archtects. Disponível em: <www.msafdie.com>. Acessado em: 25 Fev 2015.